Fotografia de Parto – Como se preparar?

Fotografia de Parto, Milene Langa, Jaraguá do Sul

Antes de mais nada: | Os hospitais tem suas próprias regras e particularidades, respeitamos isso. Nossa intenção é conscientizar os papais sobre essas situações.

Hoje aconteceu uma situação que me deixou triste, por isso venho aqui falar sobre o assunto com vocês.

O momento do parto, arriscamos a dizer, que é o momento mais incrível e especial de uma família, por isso defendemos a importância de registrar esse momento.

Mas hoje, uma família ficou sem esse registro.

Infelizmente o hospital público (não iremos mencionar qual, nem a cidade… mas é de SC), não permitiu nenhuma foto. A família não contratou profissional, o pai iria registrar com o celular. Porém, lá no momento, o hospital não permitiu, nem se quer ficar com o celular na mão. Ou seja, zero fotos. Sem contar a tristeza, e a decepção que essa família ficou. Imagina, a família de outra cidade, todos queriam ver a chegada do novo baby! Que dó!

Segundo o hospital, são normas deles. ( E pasmém, recebemos bastante informações que ainda são muitos os hospitais que não permitem.) Ok, acho que não existe nada que os impeça de seguir dessa maneira, porém, há algumas coisas que podemos fazer para não sermos pegos de surpresa.

– Se vocês fazem questão de ter essas fotografias (ou vídeos), procurem o hospital durante a gestação, se informem do que pode ou não pode. De preferência, peça autorização por escrito (por e-mail já vale).

– Questionem sobre fotografar sozinho com o celular, ou sobre contratar profissional (tem hospital que só permite entrada de profissional credenciado).

– Se você tem um médico específico para o momento do parto, questione sobre isso com ele também, pergunte se ele permite.

– Se o hospital for público, e o parto pelo SUS, não deixe que eles te coloquem limites sem se informar antes… afinal, o público não é de graça, a gente paga (e não é pouco!) por ele. Exija atendimento de qualidade. Eles tem os direitos deles e nós os nossos, se informe até onde essa linha segue.

– Se você tiver qualquer problema, procure um advogado de sua confiança, ele vai te orientar. Por isso a importância de ver todos esses detalhes antes, pra ter tempo de se informar sobre tudo, e de entrar com algum recurso se necessário.

– Se você conseguir autorização por escrito, imprima e deixa junto com a bolsa da maternidade, pra não ter qualquer imprevisto lá na hora.

– Se você contratar profissional, peça ajuda dele. Geralmente nós já temos alguma bagagem sobre o assunto e podemos orientar, ou ajudar a correr atrás das informações.

Acredito que seguindo dessa maneira, todos vamos ter as expectativas controladas. Se o hospital que você for não permitir, você não vai ficar triste lá na hora porque já vai estar ciente… e se fizer questão de fotos, e tiver condições, pode optar por outro hospital. Por isso a importância de se preparar antecipadamente.

Se alguém tiver alguma colocação, por favor, fique a vontade. Nosso intuito não é prejudicar ninguém, mas sim, evitar que mais famílias passem por essa frustração.

Conte conosco!
www.milenelanga.com.br
Fotografia de Família
(47) 9 8410-6728